Jardim Sensorial o que seria isso?

Você deve estar se perguntando o que é um jardim sensorial e o que eles tem de diferente dos outros jardins. Nós pesquisamos sobre eles e vamos explicar como funcionam esses pequenos paraísos que mexem com nossos sentidos e transborda de sensações quem passa por eles.

 

A Origem do Jardim Sensorial

 

 

Esse tipo de jardim foi pensado para ser um jardim democrático onde todas as pessoas independente se elas possuem limitações visuais, auditivas ou motoras, uma parcela da sociedade que muitas vezes é esquecida e não tem acesso aos grandes jardins por falta de acessibilidade. Através desse espaço a pessoa experimenta diversas sensações, pois os jardins sensoriais se manifestam através dos quatro sentidos do corpo humano: 


• O tato, através das texturas das plantas, 
• A audição, com os repuxos d’água, 
• A visão, através das cores exuberantes e, finalmente 
• O olfato com os aromas das espécies. 

 

O conceito de acessibilidade é muito importante no planejamento de um jardim sensorial, portanto, cuide para que o caminho para o jardim seja seguro e de acesso facilitado com corrimãos, sem desníveis e com a substituição de escadas por rampas. Também devem ser previstas áreas com bancos que possibilitem a contemplação do jardim.

 

Como estimular cada um dos sentidos no seu jardim sensorial:

 

  • Visão
 

Para o estimulo da  visão é muito importante que as espécies de plantas escolhidas para montar o jardim sensorial sejam diversas no que diz respeito as cores e as folhagens, também é importante ter plantas em tamanhos e formas diferentes. Exemplos de espécies mais utilizadas: Petúnias, rabos de gato, violetas, lírios da paz, gerânios, ixoras e plumbagos

 

 

  • Olfato
 

Conhecidos como jardins aromáticos ou de ervas, é possível sentir o agradável aroma de longe, além de servirem no preparo de receitas culinárias e temperos em geral. Eles fazem você parar e se encantam pelos aromas ali presentes, cada um com sua peculiaridade. Exemplos de espécies mais utilizadas: alecrim, hortelã, manjericão, salsinha, cebolinha, gengibre, coentro.

 

 

 

  • Tato

 

No tato, o importante é ter diferentes texturas, aonde se possa tocar e sentir. As suculentas são um bom exemplo disso, em um jardim de cactos e suculentas você pode ter uma diversidade de texturas e um resultado excelente para pessoas com deficiência visual e auditiva. Para aguçar esse sentido também podem ser utilizados diferentes tipos de forrações, como casca de pinus, gramas, seixos, para as pessoas caminharem e sentirem as diferentes texturas e sensações.

 

 

 

  • Paladar

 

Na parte do paladar você pode usar as mesma plantas que foram usada para o olfato para fazer chás ou temperar alimentos para testar os sabores de cada um, criando assim uma explosão de sentimentos nas pessoas que provam aquela sensação.

 

  • Audição
 

As pequenas fontes e repuxos d’ água também são responsáveis por agradáveis sensações e podem ser inseridas em qualquer jardim através de um simples sistema de bombeamento de água semelhante ao utilizado em aquários. O som emitido pela água é calmante e terapêutico e são perfeitos para trazer a imaginação das pessoas que tem deficiência visual.

 

 

Para nós o Jardim Sensorial é um meio de inclusão de pessoas que não podem ter os mesmos 5 sentidos que uma pessoa sem deficiência, fazendo essas descobrirem novas sensações, novos caminhos de acessibilidade e possibilidades infinitas de conexão com a natureza. Nós amos e recomendamos!

 

 

 

Vamos colocar aqui uma lista de algum Jardins Sensoriais nos principais estados Brasileiros para vocês poderem visitar e contar para nós como foi a experiência. 

 

Rio de Janeiro - Jardim Botânico - http://jbrj.gov.br/node/500

Espirito Santo - Parque Botânico em Vitória 

São Paulo - Rio Claro - O Ceapla está localizado na Avenida 24-A, 151, no bairro Bela Vista. As visitas devem ser agendadas com antecedência pelo telefone (19) 3526-9430 ou pelo e-mail ceapla@rc.unesp.br

 

 

Fonte de texto: Google 

Fonte de Fotos: Google

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como perceber quando suas plantas precisam de manutenção?

19.10.2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

O Gaia Ateliê da Natureza fica na

Rua Dona Maria, n. 62, apt 101, Vila Isabel, Rio de Janeiro, RJ

(21) 9.9253-2111 / (21) 9.8133-8522

  • White Instagram Icon
  • Facebook Clean